terça-feira, 22 de maio de 2012

MEDITAÇÃO GUIADA -- UNIÃO SAGRADA / KELI SOARES


quarta-feira, 16 de maio de 2012

POR QUE NÃO ENCONTRO UM NAMORADO? POR QUE NÃO CONSIGO UM RELACIONAMENTO ESTÁVEL?


Segundo Alejandro Jodorowsky quando você tem a finalidade de encontrar um namorado, essa finalidade esconde uma proibição em sua árvore genealógica e para abrir-se para o amor verdadeiro precisa buscar onde está essa proibição que te impede de encontrar alguém e ter  um relacionamento estável e feliz.

Geralmente colocamos a culpa em como estão as coisas no mundo atual, que os homens estão virando gays, que os que são interessantes e não são gays estão casados e que há também os misóginos, há aqueles que não assumem as relações, enfim, a culpa é do outro. A verdade é que ninguém é culpado de nada, somos 100% responsáveis por tudo que nos acontece e devemos procurar dentro e não fora as causas do afastamento emocional e das dificuldades de relacionar.

Mas por onde começar a buscar?  Essa é uma pergunta inteligente!

Pode ser que você tenha se casado inconscientemente com seu pai ou com um irmão e assim você não se permitirá formar um casal com ninguém mais. Este é um indicativo de que tem um nó incestuoso. Se este é o seu caso é possível que você sinta uma sensação de culpa e aflição só de pensar na possibilidade, é como se relacionar fosse algo impossível para você.

Se seu pai é (era) uma pessoa bem sucedida, inteligente, com personalidade marcante,  pode ser que você não se permita encontrar alguém que o supere e se o casamento de seus pais não funcionou ou não funciona, para não superá-los você não se dará o direito de ser feliz com alguém. Isso passa na Neurose de Fracasso.

Entramos no auto-engano quando buscamos e atraímos relacionamentos que não podem chegar a lugar algum ou porque são casados (triângulo amoroso) ou porque a pessoa tem uma inclinação sexual distinta da sua (bissexuais ou homossexuais não assumidos). Há também os casos de amor platônico que mostram sinais claros de que está vivendo uma proibição que vem dos modelos aprendidos na família, na árvore genealógica.

E existem os casos em que a pessoa se interessa por dois homens ao mesmo tempo e pensa gostar dos dois, evitando assim se relacionar por inteiro com alguém (opta inconscientemente por continuar casada com o pai).

Uma boa tarefa para isso é escrever uma carta para seu pai ou irmão (não precisa enviá-la, é apenas uma metáfora ativa) comunicando a sua decisão de se divorciar.


Algumas mulheres reclamam que não suportam os homens que tem idéias diferentes das suas e  sonham encontrar alguém cujas idéias sejam as mesmas que as suas.. Este caso mostra um nó narcisista, estão buscando um espelho para ver seu próprio reflexo. Com este nó não é possível relacionar já que a pessoa apenas aceita o outro se for idêntico a ela e ninguém jamais será igual a ninguém.


Existem as mulheres que se interessam sempre pelos namorados e maridos das amigas e isso mostra que têm um nó homossexual.Neste caso é importante começar a refletir e tomar consciência de que existe a possibilidade de que você goste de pessoas do mesmo sexo, mesmo que isso seja algo proibido em sua família. Lembre-se que a vida é muito curta e a felicidade está em ser o que se é, sem medos nem amarras.

Creio que essas idéias servem para iniciar a reflexão de que você pode ser feliz, mesmo que inconscientemente pense que não pode. Busque o nó que te atrapalha, desate-o e desperte a coragem de amar e ser amada!

Abraços

Keli Soares
P.S: Escrevi para as mulheres, mas a teoria serve também para os homens que podem fazer par com a mamãe.