sexta-feira, 11 de outubro de 2013

MEDITAÇÃO GUIADA ELIMINAR PENSAMENTOS NEGATIVOS E INÚTEIS VERSÃO LENTA...

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

LIBERANDO A SOMBRA NO DIVA

Chegou para sua terapia semanal e tinha uma decisão em mente: vou mudar a minha vida, é sim ou sim. Tinha lido o livro de Deepak Chopra e Debbie Ford - O efeito sombra - e queria aplicar o conhecimento. Tinha a intuição que era o caminho certo.

Entrou na sala e se deitou no divã.

- Hoje vou te considerar um padre e confessar todos os meus pecados.

A terapeuta ri e diz: - Vamos lá!

- Eu fumo e não só tabaco normal, às vezes fumo maconha também. Eu gosto quando saio com amigos que fumam. Eu minto, minto e minto muito para mim e para as pessoas. Não são mentiras que prejudiquem as pessoas, sou uma pessoa boa, mas são mentiras. Isto me faz mal, mas parece que tenho necessidade de dar mais cor a minha vida, de faze-la ter mais glamour, ser mais importante. Na verdade, quando eu era criança contei uma mentira que prejudicou uma pessoa, não sei porque fiz isto, mas eu fiz e agora não tenho como mudar isto. Não expresso as coisas que realmente penso e sinto, tenho um bloqueio, mas finjo que sou super resolvida e que minha vida é uma maravilha. Não me sinto bem quando estou em grupo, não tenho assunto com as pessoas, mas também finjo que está tudo bem e invento assuntos e passo uma imagem de super comunicativa. Algumas vezes saio e faço loucuras, uma vez conheci um homem e saí com ele sem conhece-lo, sem conhecer nada nem ninguém da vida dele e transamos toda a noite. Nunca mais o vi e depois tive medo porque poderia ter acontecido coisas muito ruins. Você sabe, eu sou insegura, mas minhas amigas pensam que eu sou a rainha da segurança. Sempre crio fantasias com os homens que me relaciono e na maioria das vezes me confundo sobre o que é fantasia e o que é realmente realidade. Pronto, é isso.

- Muito bem. Como você se sente agora?

- Aliviada e livre.

- O que vai fazer com isto?

- Vou ser mais honesta comigo e com os outros a partir de agora. Não vai me dar as penitencias? Quantos pais nossos vou ter que fazer e por quantos anos?

A terapeuta ri outra vez. 

- Já que você insiste... Faça a oração da serenidade por 21 dias seguidos.

- As duas riem juntas.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

A POBRE MENINA-MULHER E A INVEJA



Tinha uma raiva tão grande dentro de si e não sabia o que fazer com ela. Sentiu inveja de sua amiga da adolescência porque ela tinha crescido, estava prosperando, tinha um marido que a amava muito, estava vencendo e ela não podia suportar isto. Tinha que culpar e projetar sua raiva em alguém por sua infelicidade e por não ter tido a coragem e a ousadia de amar a si mesma. Encontrou alguém a quem culpar e a maneira perfeita de tentar impedir também o crescimento de sua amiga. Por que ela conseguiu tudo isto e eu não? Quem sabe assim acalmaria sua dor... Triste ilusão... Pobre menina-mulher, não compreendia que agindo assim feria ainda mais a si mesma e adiava um pouco mais seu desenvolvimento. Não podia ver que era seu próprio comportamento que fazia com que ficasse sozinha. Estava cega em sua ira e de longe alguém torcia para que ela despertasse. Algumas pessoas escolhem passar toda a vida no pântano, outras buscam águas límpidas e vão em direção ao mar. 
Um dia sua alma se abriria para o bem e o belo... A esperança é o que nos faz continuar tendo fé no ser humano...

terça-feira, 9 de julho de 2013

Ela precisava se amar de verdade

Sentia-se triste, não conseguia tirar seu ex-namorado da cabeça. Ele já estava com outra, parecia muito bem e ela continuava chorosa. 

Perguntou à sua terapeuta: 

- Por que as pessoas boas se envolvem com pessoas equivocadas? 

E a terapeuta respondeu: 

- Cada um aceita o amor que acredita merecer. 

Voltou para casa com esta frase ecoando na mente...



terça-feira, 2 de julho de 2013

MEDITAÇÃO GUIADA - TRANQUILIZAR A MENTE / KELI SOARES

SUA ALMA SE ABRIU POR INTEIRO

Nada tinha acontecido em concreto, mas sentia que sua alma se abria por inteiro. 

O amor floresceria em sua vida. Já estava florescendo.

Encontrou o amor em si mesma e agora ele se refletia no mundo externo. 

Era uma mudança que veio para ficar. Um caminho sem volta. Seu amor iluminava todo o ambiente.

O homem merecedor deste amor já estava chegando. Ela ainda não o conhecia, mas sabia que não ia demorar muito.

Logo estariam juntos. O chamado vinha da alma.

Se abriu em flor e sorriu exalando seu perfume.





MEDITAÇÃO GUIADA LIBERTANDO SE DA CULPA / KELI SOARES

terça-feira, 25 de junho de 2013


Sua tristeza tocava a alma e doía muito. Queria mudar este estado e usava todas as técnicas que sabia para melhorar e nada. O choro ficava preso nos olhos e às vezes ela se permitia chover. Sabia que ia passar, mas estava muito cansada. Não queria mais lutar, não queria mais tentar, simplesmente não queria mais... Decidiu parar de lutar. Sábia decisão, lhe disse a voz de sua consciência...

quinta-feira, 20 de junho de 2013

TERAPIAS QUE CURAM - EPISÓDIO I - EU MEREÇO AMAR E SER AMADA


- Ele partiu meu coração  Não soube me ver, não soube me amar, não soube entender meu coração  Fiquei triste e desesperada quando vi que mal nossa história tinha esfriado e ele já estava com outra, que eu sentia dor e ele nem se preocupou. Me culpei horrores por ofende-lo com palavras e muito triste quando ele demonstrou que não ia mais ficar comigo. Por que eu me envolvo em relações assim? Por que nunca consigo me relacionar de maneira saudável?

- Ele não partiu seu coração  Você o fez. Talvez já carregasse o coração partido e ele ao se aproximar foi alvo da projeção que fazia. ´Ninguém pode nos ferir sem nosso consentimento¨. Este encontro doloroso é um presente da vida para que possa limpar estas memórias equivocadas de relacionamento. Te mostra que precisa curar isto em você.

- Mas eu não tenho nem ideia de como fazer isto e já estou cansada de tudo, tenho vontade de desistir, não apenas de me relacionar, mas da vida. Estou cansada, realmente exausta, no fundo do poço.

- Quando chegamos no fundo do poço não há como afundar mais, podemos utilizar a terra firme para dar um impulso e voltar a superfície, sair do poço. O que você tem dentro é amor estancado, é importante deixa-lo fluir. Deixe fluir este amor...

- Teoricamente me parece muito fácil, mas o que devo fazer?

- Primeiro se faça três perguntas: O que posso fazer para reverter esta situação? Como posso limpar estas memórias que me fazem envolver com homens que não me respeitam e não me amam? O que preciso ver, ouvir e fazer para atrair um homem de bem, que esteja à minha altura? E despreocupe-se em dar uma resposta imediatamente. Relaxe, dedique-se a fazer coisas que gosta, vá conhecer outras pessoas, ouvir outras idéias e as respostas virão automaticamente. Confie na vida porque ela é muito sábia. Você merece viver uma autentica história de amor.

- Suas palavras acalmam meu coração, mas no fundo parece que não acredito que isto seja possível.

- Apenas se de a chance de tentar acreditar. O movimento vai acontecer. Te dou a tarefa de fazer ho oponopono para limpar estas memórias equivocadas. Recite pela manha:

Niño, conecte-se com o poder Divino e peça para Ele limpar em nós os pensamentos, sentimentos e memórias equivocadas ligadas a relacionamento e transmute-os em pura luz. Sinto muito, te amo, me perdoe, sou grata.  Siga repetindo durante todo o dia: Sinto muito, te amo, me perdoe, sou grata. Eu liberto estas memórias e a mim. 

- Faça um diário, escreva seus pensamentos e sentimentos nele  e vamos ver como a transformação acontece.

- Ok, vou me dar a chance de tentar, sou grata por me ajudar.

- Eu é que sou grata. Nos vemos na próxima semana.

terça-feira, 18 de junho de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO XII - ESTA SÓ COM SUA DOR

Estava só com sua dor. A ele não importava o que ela sentia. Seu coração doía como se tivesse sido apunhalado. Ela ia superar, não existe nada que o tempo não cure e as dores de amor se curam. Sonhou a noite com seu anjo da guarda que lhe dizia para ficar tranquila e acordou um pouco melhor. Sim, não existe nada que o tempo não cure. Lembrou do He man: Eu tenho a forçaaaaa!!!! E conseguiu sorrir um pouco.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO XI -

Ela tinha muitos planos, sonhos, coisas que queria realizar. Tinha que colocar tudo no papel e ordenar no tempo e no espaço. Muitas coisas acontecendo e ela sabia que era a hora de renovar-se e colocar seus sonhos em ação. E assim é, assim será, pensava contente.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO X - ENTENDA QUERIDO O QUE SIGNIFICA O FIM



Ela disse que era o fim e ele não entendia. Não queria aceitar o fim e também não queria namorar, só queria ficar com ela. Tem gente que é assim, não sabe assumir nada e precisa ficar em cima do muro. Era o fim e nada mudaria este fato. Ela olhou para trás e pensou: sinto muito querido, seu tempo já passou, sua oportunidade se foi.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO IX - ASSUMO MEU PODER!


Ela estava investindo em seu autodesenvolvimento e já estava obtendo resultados. 

A auto-estima é uma construçao de vida inteira e ela estava aprendendo a fazer isto. 

Descobriu que a causa do sofrimento, da ansiedade era o fato de se colocar em uma posiçao de vítima frente a vida. 

Era comodo, mas sempre tinha pessoas interferindo em sua vida. 

Resolveu assumir seu poder! 

Viva!!!

domingo, 12 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO VIII - ADEUS



Despertou e quis escrever uma carta para aquele que pensava que era seu amor, mas nem de longe era...

Oi,

Acordei sentindo asco de você  

Como pude me submeter a isto? 

Me perdoo porque é o único que posso fazer. 

As suas investidas ridículas este fim de semana me fizeram ver como você tem pouca criatividade e tao pouco respeito. 

Quando quer sexo você me procura e tem tempo para escrever, para ligar... 

Querido, sexo está tao fácil hoje em dia... Vá buscar na esquina da sua casa e terá exatamente o amor que você merece. 

Como pude ficar tanto tempo com alguém que não me honra, que não me respeita? 

Meu primeiro impulso foi ter dó de mim  mesma e fiquei em casa deprimida, deitada, tomei um remédio para dormir o dia e a noite, queria mesmo era sumir e comecei a te culpar por estes sentimentos, mas quem disse que você tem este poder todo? 

A falta de valor que você me dá é apenas reflexo do valor que você não se dá. 

Quem sabe um dia você se cura e deixa de ser misógino? Ou assume esta homossexualidade escondida? Este problema é seu, não é meu, por isto não vou me meter nesta história. 

Me retiro, sem delongas, com estas poucas palavras. Você não tem um coração em sintonia com o meu. 

Você é apenas um cara que joga um jogo que eu jogava antes, sem ter consciência.  

Assim que agora posso deixar você ir sem rancores ou mágoas. 

Sem você eu não teria enxergado tudo isto em mim e por isto, e nada além disto, eu te agradeço.

Adeus

sexta-feira, 10 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER EPISÓDIO VII - TPM


Acordou irritada como nunca. 

Foi fazer o que tinha que fazer na rua e deu tudo errado. 

Soltava fogo pelas ventas. 

Uma senhora caminhava muito devagar a sua frente e ela sentiu vontade de bater nela. 

Alguém a abordou para uma pesquisa e ela simplesmente ignorou. - Que saco esta gente!!!

Me erra! Me esquece! Que ninguém me ligue hoje porque estou no estilo ¨ tolerância 0¨.

TPM das bravas. 

Ainda não sabia que podia transformar a Tensão Pré-Menstrual em Tempo Para Mim...

Tinha muito que aprender...

quinta-feira, 9 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO VI - POR QUE SOU INVISÍVEL?


Ela sofria porque pensava que nunca ia conseguir um namorado. 

Em seu íntimo tinha uma convicção de que se relacionar era quase impossível. Por que eu sou tao invisível?Era o que repetia para si mesma. 

O que ela não sabia era que tinha uma crença equivocada que a impedia de viver o amor a dois em sua vida. 

Ela pensava que ninguém se interessava por ela porque não olhava para os lados. 

Como ela ia perceber o olhar do outro se ela não olhava para os lados? 

Ela precisava limpar estas memórias equivocadas e fazendo isto as possibilidades se abririam como flores na primavera.
 

terça-feira, 7 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO V - SOU NADA



Enquanto caminhava de volta para casa pensava: 

Não vou desistir, nem tentar, nem lutar mais. 

Vou aceitar a vida como ela é. 

Sentir o que vier. 

Agradável ou desagradável, bom ou ruim, feio o bonito, dor ou prazer, triste ou alegre, no final tudo é uma coisa só. 

Ilusão que dá cor à vida. 

Eu sei bem o que eu quero e tenho disposição para agir em prol disto. 

Quero vencer minhas limitações  cumprir meu propósito de vida, aprender a ser melhor a cada dia, me iluminar, ser feliz e fazer feliz. 

Vou abrir mão dos meus desejos, das expectativas que são o câncer da alma, dos padrões de pensamento e comportamento. 

Abro mão  abdico, entrego sem delongas. Assumo 100% de responsabilidade por minha decisão e por toda minha existência.  

Estou disponível Universo! 

Sem apego, sem desapego. Nula. Branca, Vazia. 

Me desnudo. Tiro a roupa de qualquer tipo de controle. 

Descobri que sou nada e digo a mim mesma em alto e bom (t) som: 

Conserve-se em sua insignificância.

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO IV - PAPAI DO CÉU A CARREGAVA NO COLO




Ela era uma mulher forte. 

Seus problemas eram realmente grandes, sua dor era real. 

Enfrentava tudo, mas a depressão era sua companheira. 

Todos os dias tinha que lutar com esta companheira que lhe tirava todas as energias. 

Se criticava e se condenava por não ter disposição para fazer as pequenas coisas do dia-a-dia. 

Precisava entender que sua dor tinha um motivo real e que mesmo que gerasse alegria e bem estar a tristeza estaria ali.

Era a pessoa mais doce de todas, cheia de generosidade e amor no coração.

Tinha um anjo em casa que lhe renovava as energias e disto tinha consciência e gratidão.

Sua vida era dura e ela pouco a pouco ia aprendendo a se absolver, a se acolher e enxergar o quanto era especial.

O Papai do Céu a carregava no colo.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER -EPISÓDIO III - INVEJA


Ela tinha um talento incrível, mas era muito insegura. Sentia inveja de suas amigas e sempre achava que o jardim do outro era mais florido. Sofria com isto porque era uma pessoa boa. Quando uma amiga tinha sucesso no trabalho se sentia mal, quando outra era feliz no amor, sentia raiva porque pensava: Por que ela e nao eu? Quando dava algo errado na vida da amiga, secretamente ficava satisfeita. Só assim podia se sentir igual. Isto tudo se revertia em medo e insegurança e ficava infeliz. O que ela nao sabia é que tinha dentro de si tudo que precisava para realizar seus desejos e como sua atençao estava sempre voltada para o mundo externo, nao entrava em contato com as riquezas que tinha dentro. Ela era única e estava desperdiçando as oportunidades para ser feliz. Uma coisa era certa, um dia ela aprenderia que o universo tem recursos para todos e tudo que ela invejava nada mais era do que um imenso potencial para realizar. 


IN VEJA



IN - Em ingles ¨dentro¨.



Fazendo uma brincadeira com a palavra: VEJA dentro - Se voce inveja é porque tem o potencial para realizar!

sexta-feira, 3 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER - EPISÓDIO II - MERDA


Ela tinha o coração partido, mas uma força emergia e ela percebeu que chorar era bom porque lavava sua alma. 

Se sofria pelo descaso de alguém pelo qual estava apaixonada era porque de alguma maneira ela não estava dando valor a si mesma. 

Se o mundo externo é uma projeção do nosso mundo interno, de alguma maneira ela precisava se amar mais. 

Ninguém é obrigado a gostar de ninguém. 

O que era importante para ela não era importante para ele.

O que ela julgava precioso para ele era uma besteira.

Se ele mentiu, se ele foi falso, se não sentia o mesmo, não era o fim do mundo, era só uma questão de perspectiva.

Ela se enganou, embarcou em uma viagem, pensava que estava indo para Paris e na verdade estava indo para Pedro Leopoldo.

Deu pérolas aos porcos. Valorizou um monte de estrumes. Deve ser porque estava se relacionando com o que pensava que ele era e nao com quem realmente era.

Acontece... Idealizar e criar expectativas é comum, mas é uma verdadeira (com o perdão da palavra) merda.

Como foi este namoro? Uma merda!

Ele nem considerava um namoro e o que achava disto? Uma merda.

Mas e as coisas boas que vocês viveram? Não era de verdade, uma merda!

No teatro quando os atores vão iniciar um trabalho falam: Merda para você! Significa sorte!

E é isso que ela mandou para ele: Não um VÁ A MERDA, seu Merda!  E sim: No teatro da vida...

Merda para você querido.





segunda-feira, 29 de abril de 2013

HISTÓRIAS DE MULHER: EPISÓDIO I - TODO FIM É UM COMEÇO


Combinaram de sair para dançar e na hora H ele desistiu,  foram para casa dele, ele tinha preguiça e só queria saber do sofá. Fizeram amor e ele nem se preocupou com ela, só se importou com seu próprio prazer. Ela buscou entender o momento que ele estava vivendo.



Na sexta ele a convidou por telefone para irem a um restaurante japonês e quando se encontraram ele já havia desistido e tinha pedido um frango com legumes pelo telefone. Estava bêbado e ficaram em casa. No sexo, mais uma vez ele apenas pensou em si mesmo. No sábado e no domingo eles não se encontraram, ele nem sequer se preocupou em enviar-lhe uma mensagem. Deus do céu ele não estava nem aí para ela...


Ela ficou triste, se sentiu mal de verdade com a falta de carinho, seu final de semana foi horrível. 

Até que acordou na segunda cheia de clareza. 

O fato é que ele não é o cara para você. Não te merece. É do estilo que trata joia como bijuteria.  


Adeus, ela disse mentalmente e se sentiu forte, pronta para receber o novo em sua vida. 


Disse ao Universo em voz alta: Universo, promova meu encontro com um homem que esteja na mesma sintonia que eu e que honre o meu feminino.


O fim sempre traz um novo começo! 

E a vida sorriu para ela.


domingo, 17 de março de 2013

Entendeu o sentido de tudo.




Lembra o que passou e tem uma certeza: não sou pra ele. 

É isto. Só isso. Posso aceitar a simplicidade dos fatos, fala em voz alta. 

Tem coisa que é e tem coisa que não é e isto não é.  

Sem nenhuma lágrima se despede definitivamente do passado. 

Vai partir para outra e agora sabe que aprendeu o que precisava aprender. 

Entendeu o sentido de tudo. 


quinta-feira, 14 de março de 2013

Vai trabalhar com um sorriso largo.


Despertou se sentindo linda, plena, cheia de vida e irradiando beleza. 

A sexta-feira será mágica, esta é sua decisão do dia. 

O final de semana também será genial!! 

Vai trabalhar com um sorriso largo.


Este é um grande desafio!



A primeira aula de dança foi horrível, ficou decepcionada. 

Uma escolha equivocada. 

Uma boa definição para decepção é cultivar expectativas sobre algo e estas expectativas cairem por terra. 

O melhor é aprender a não cultiva-las.  

Este é um grande desafio!

quarta-feira, 13 de março de 2013

O dia transcorreu apaticamente tranquilo e estranhamente feliz.


Que dia insosso, pensa enquanto trabalha. 

Tem dias que a gente fica apática, sem graça e hoje é um dia assim. 

Tudo bem, vou apenas observar e procurar relaxar com esta sensação. 

Canta uma canção mentalmente e se distrai. 

Uma coisa boa que observou é que se começasse a brigar com a sensação daria força a ela... 

Como disse Jung ¨tudo que você resiste, persiste¨. 

O dia transcorreu apaticamente tranquilo e estranhamente feliz.

terça-feira, 12 de março de 2013

Está aprendendo a usar sua inteligência emocional...


Resolveu parar com as aulas de box e se matricular em uma dança nômade. 

A raiva não a corrói mais e agora sente que precisa de mais movimento e leveza. 

As aulas começarão na quinta e fica animada em pensar que além de ser um exercício físico prazeroso, vai entrar em contato com sua sensualidade. 

Está feliz porque percebeu que está vivendo de maneira mais consciente e segundo o livro do Nathanael Brandon, este é o primeiro pilar da auto-estima. 

Se sente feliz consigo mesma, mesmo nos momentos difíceis. 

Descobriu que pode estar triste um dia e mesmo assim estar bem. 

Está aprendendo a usar sua inteligência emocional...

segunda-feira, 11 de março de 2013

Amizade faz bem ao coração.


 Passou o domingo com as amigas, colocando a conversa em dia. 

Apesar dos problemas de cada uma, inclusive os seus, foi muito divertido. 

Marcaram de encontrar a cada 15 dias como se fosse o ¨Clube da Luluzinha¨. 

Voltou para casa melhor do que quando saiu. 

Amizade faz bem ao coração. 

sexta-feira, 8 de março de 2013

Hoje será o dia de sorrir!


Acordou sentindo-se melhor, mas ainda com pouca energia. 

Resolveu fazer algo diferente, mas não sabia o que. 

No momento o que precisava fazer era trabalhar e assim fez, se arrumou, pegou a bolsa e foi caminhando. 

Decidiu que se reenergizaria durante o dia produzindo bons pensamentos. 

O dia estava precisoso, sol, céu azul, um calorzinho agradável. 

Hoje será o dia de sorrir!

quinta-feira, 7 de março de 2013

Disse a si mesma: boa noite querida!



Teve um pesadelo horrível. 

Acordou assustada e logo ficou triste. 

Sem se lembrar de tudo que havia proposto a si mesma, se arrumou e foi trabalhar neste estado. 

Sentiu-se mal todo o dia e a noite quando chegou em casa e abriu o computador viu que tinham lhe enviado o livro gratuito do ho oponopono. 

Foi neste momento que teve consciência de que tinha passado todo o dia funcionando no piloto automático negativo.

Leu o livro de uma vez só.  

Sinto muito, te amo, me perdoe, sou grata.

Quando foi dormir ainda se sentia desenergizada, mas já estava consciente de si mesma e do seu poder de transformar. 

Disse a si mesma: boa noite querida!

terça-feira, 5 de março de 2013

Ficou um tempão pesquisando a técnica...


Acordou com péssimo humor. 

A historia com seu ex-namorado estava lhe incomodando demais. 

Guardei a raiva e isto não pode me fazer bem... Pensa em voz alta.

Aquela frase sábia e forte ecoava em sua mente: ¨Guardar raiva é como tomar veneno e esperar que o outro morra¨. 

Precisava aprender a perdoar e as aulas de box não estavam sendo suficientes para lidar com a raiva.

Foi trabalhar sem conseguir mudar o estado de espirito. 

O dia foi duro. 

A noite ligou seu computador e entrou no facebook. Um post de uma amiga lhe chamou a atenção: Ho oponopono: Sinto muito, te amo, me perdoe, sou grata... 

Acho que pode me ajudar! 

Ficou um tempão pesquisando a técnica... 

segunda-feira, 4 de março de 2013

Esta vida é boa, é simples, a gente que complica.


Conheceu um homem interessante em sua viagem e durante todo o dia no trabalho quando se lembrava dele, sorria. 

Resolveu deixar todas as experiências do passado no passado e viver algo novo, sem fantasmas. 

Fica feliz ao se lembrar da felicidade da sua mãe durante a viagem. 

Esta vida é boa, é simples, a gente que complica.


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Está tudo bem em meu mundo e muita coisa pode acontecer...


Descobriu que seu namorado é realmente um ¨gillipollas¨ e terminou tudo. 

Preciso curar a mim mesma, vencer as dificuldades, quebrar os padrões e atrair um homem que seja verdadeiramente interessante. 

Não abro mão desta decisão, vou ser feliz, diz a si mesma com convicção. 

Na verdade, no fundo ela sabia que ele não era honesto com ela e se enganava por algum motivo inconsciente. 

Tudo bem, que ele seja feliz porque é isto que eu vou fazer. 

Embarcou com sua mãe para Gramado as 6 horas da manhã. 

Mesmo com o coração partido resolveu manter-se firme em seu propósito e fiel a si mesma. 

Está tudo bem em meu mundo e muita coisa pode acontecer...

E continuou dançando deixando a música conduzir seu corpo...


Kings of Convenience tocava alto e ela dançava na sala. 

O medo de amar era tão grande que ela resolveu encarar isto de frente e parar de correr deste bicho papão. 

Onde eu aprendi isto? 

Por que não obedeço a mim mesma? 

Eu já sei... Pergunta ineficaz...

O que preciso pensar, sentir e fazer para me obedecer? 

Quero demonstrar meu amor, mas me coloco na postura de dona frieza, dona coração de pedra. 

Qual movimento eu poderia fazer que me ajudaria a quebrar este padrão?  

A resposta virá, eu sei! 

E continuou dançando deixando a música conduzir seu corpo...

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Eu sou mulher, sou sagrada, sou feliz!



Estava engasgada. 
O medo de mudar lhe consumia. 
Não sabia o que fazer e tinha a sensação de que nunca conseguiria transformar esta parte de sua vida verdadeiramente. 
O que teria que fazer? 
Estava cansada e com o estomago enjoado. 
Trabalhar lhe fazia sentir-se segura e então enfiava a cara no trabalho para não ter que pensar na vida pessoal. 
Só que este caminho era um caminho sem volta, ia aprender a amar e ser amada. 
Um mix emocional se movimentava dentro. 
Chorou como se fosse natureza em época de muita chuva. 
Não importa, pensou, eu vou conseguir mudar. 
Eu sou mulher, sou sagrada, sou feliz!


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Sai fora, quero mais é ser feliz!


Acordou com maus pensamentos e por isto, é claro, se sentindo mal, ansiosa, angustiada quem sabe. 

Minhas emoções parecem montanha russa. 

Toma um banho e imagina que a água está levando embora todo lixo mental, todas as emoções negativas. 

Por que acontece isto? Por que meu humor muda tanto? 

Controlar a mente é realmente um desafio, é preciso estar vigilante... 

Se lembra do provérbio chinês: ¨Impedir que urubus sobrevoem as nossas cabeças não é possível, mas podemos impedir que façam ninhos em nossos cabelos¨. 

É isso... 

Os pensamentos negativos vão me visitar, mas depende de mim quanto tempo vão ficar... 

Sai fora, quero mais é ser feliz!